ESTE SERVIÇO PODE CONTER TRADUÇÕES FEITAS PELO GOOGLE. O GOOGLE SE ISENTA DE TODAS AS GARANTIAS RELACIONADAS ÀS TRADUÇÕES, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS, INCLUINDO QUALQUER RESPONSABILIDADE EM RELAÇÃO À PRECISÃO, CONFIABILIDADE E QUALQUER DEVER IMPLÍCITO SOBRE SUA COMERCIALIZAÇÃO, ADEQUAÇÃO PARA UM FIM ESPECÍFICO E NÃO-VIOLAÇÃO.

Para sua conveniência, o site da Kaspersky Lab foi traduzido com a utilização do software de tradução Google Tradutor. Foram realizados esforços razoáveis para o oferecimento de uma tradução precisa; entretanto, as traduções automatizadas não são perfeitas e tampouco pretendem substituir a tradução qualificada de especialistas. Essas traduções são fornecidas como um serviço para os usuários do site da Kaspersky Lab e são exibidas "como estão". Não há nenhuma garantia de qualquer tipo, seja expressa ou implícita, sobre a precisão, confiabilidade, ou exatidão de quaisquer traduções feitas do inglês para qualquer outro idioma. Alguns conteúdos (como imagens, vídeos, Flash, etc.) podem não estar corretamente traduzidos devido às limitações do programa de tradução.

Virus.BAT.Pikachu

Classe Virus
Plataforma BAT
Descrição

Detalhes técnicos

Este worm se espalha pela Internet usando o Microsoft Outlook e se espalha em cartas de e-mail com o arquivo anexado "PikachuPokemon.exe". O worm em si é um arquivo EXE Win32 escrito em Visual Basic 6.0, o tamanho do arquivo é de cerca de 32K.

Quando o worm é executado, antes de tudo, ele substitui o arquivo C: AUTOEXEC.BAT original por instruções que excluem todos os arquivos no diretório do sistema Windows e Windows.

Em seguida, ele pesquisa no catálogo de endereços do Microsoft Outlook e cria, na pasta Caixa de saída, cartas para cada endereço de e-mail:

Sujeito:

Pikachu Pokemon.

Texto:

Grande amigo!

Pikachu do Pokemon Theme tem alguns amigos
palavras para dizer.

Visite Pikachu em http://www.pikachu.com
Até logo.

E para cada letra, o worm se anexa como o arquivo PikachuPokemon.exe.


Link para o original