ESTE SERVIÇO PODE CONTER TRADUÇÕES FEITAS PELO GOOGLE. O GOOGLE SE ISENTA DE TODAS AS GARANTIAS RELACIONADAS ÀS TRADUÇÕES, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS, INCLUINDO QUALQUER RESPONSABILIDADE EM RELAÇÃO À PRECISÃO, CONFIABILIDADE E QUALQUER DEVER IMPLÍCITO SOBRE SUA COMERCIALIZAÇÃO, ADEQUAÇÃO PARA UM FIM ESPECÍFICO E NÃO-VIOLAÇÃO.

Para sua conveniência, o site da Kaspersky Lab foi traduzido com a utilização do software de tradução Google Tradutor. Foram realizados esforços razoáveis para o oferecimento de uma tradução precisa; entretanto, as traduções automatizadas não são perfeitas e tampouco pretendem substituir a tradução qualificada de especialistas. Essas traduções são fornecidas como um serviço para os usuários do site da Kaspersky Lab e são exibidas "como estão". Não há nenhuma garantia de qualquer tipo, seja expressa ou implícita, sobre a precisão, confiabilidade, ou exatidão de quaisquer traduções feitas do inglês para qualquer outro idioma. Alguns conteúdos (como imagens, vídeos, Flash, etc.) podem não estar corretamente traduzidos devido às limitações do programa de tradução.

Virus.DOS.Lehigh

Classe Virus
Plataforma DOS
Descrição

Detalhes técnicos

Este é um vírus parasita residente na memória muito perigoso. Ele conecta INT 21h e se escreve no meio do COMMAND.COM quando é executado, ou acessado com a função DOS FindFirst (AH = 4Eh).

O vírus está localizado na área de pilha COMMAND.COM e não aumenta o tamanho do arquivo. O vírus altera os bytes 2 e 3 do arquivo (JMP Loc_Virus).

O corpo do vírus contém um contador que incrementa em 1 em cada infecção bem-sucedida do próximo arquivo COMMAND.COM. O contador é salvo no disco somente quando o COMMAND.COM infectado foi executado a partir do disco rígido. Caso contrário, o estado do contador é zerado em cada reinicialização do DOS. Quando o contador atinge 4, o vírus apaga os primeiros 32 setores lógicos do disco do qual foi executado.


Link para o original